Categoria "Educação"

educacao category image

Enfermagem


12.jan.15 | 14 Comentários

Oi gente!
Vamos dar continuidade as entrevistas do nosso especial “Ajudando você a decidir seu futuro.” Dessa vez vamos falar sobre uma profissão que eu admiro demais: Enfermagem. 
Para falar sobre a mesma eu entrevistei o Charlles. Ele está no 5º período da graduação e mesmo sem saber acabou realizando o grande sonho da mãe. Vamos conferir um pouco mais?

Charlles Richard Rosa de Arruda tem 20 anos e está cursando o 5º período de Enfermagem na Universidade Estácio de Sá, aqui no Rio de Janeiro.
Charlles já começou a entrevista dizendo que resolveu cursar Enfermagem após diversas pesquisas na internet, relatos de parentes, e também por reconhecer a importância do profissional da área. Ele afirma, emocionado, que após tomar a decisão foi surpreendido pela sua mãe que o confessou sempre ter sonhado em ter algum filho na área da saúde mas que nunca havia falado pois não queria influenciar.

A escolha da Universidade não foi fácil. Ele pesquisou bastante por alguma boa faculdade particular, já que mesmo com uma boa nota no Enem, não conseguiu a tão esperada vaga na faculdade pública. Sendo assim, decidiu estudar na extinta Gama Filho, mas logo desistiu por dizer ter sido mal tratado por um funcionário. Decidindo-se então pela Estácio de Sá.

Fazer a matrícula também não foi fácil pois haviam muitas pessoas por lá. A espera foi grande, mas Charlles não desistiu. Usou sua nota do Enem, e por isso, não foi necessário realizar a prova do Vestibular.

Nem tudo foram flores nas primeiras aulas, foi um período importante de adaptação. No fundo ainda restavam dúvidas sobre o curso escolhido. Algumas disciplinas o desanimavam, principalmente as que abrangem a Biologia, matéria essa que já não gostava desde a época de escola.
E agora você deve estar se perguntando o que o fortaleceu para continuar estudando, né? E eu respondo: o estágio. Através do estágio que ele se apaixonou de vez pela área do cuidar. Passou a amar a profissão escolhida cada dia mais. Não desistiu. E hoje é totalmente apaixonado pelo o que faz.
Charlles recomenda à todos a área da saúde, pois mesmo não sendo tão reconhecida financeiramente como merece, é uma profissão que dá prazer. Dá alegria de ajudar as pessoas que necessitam.

Ele ainda afirma que essa foi a melhor escolha que fez. Não se arrepende também de ter escolhido a Universidade Estácio de Sá, pois apesar de não ser perfeita, possui profissionais super qualificados, atenciosos e ricos em conhecimento. Fora que tem uma estrutura muito boa, com laboratórios, microscópios, manequins e tudo mais que for importante para formar esses novos profissionais.
Charlles finaliza a entrevista dizendo que vale a pena. Não é fácil cuidar, acabar sendo responsável por uma vida, mas vale a pena. Ser enfermeiro requer um conhecimento muito aprofundado e ele está correndo atrás disso.
Muito estudo, muito amor e muito sucesso pra você, Charlles! Estamos na torcida! Parabéns pela escolha.

E vocês, já pensaram em cursar Enfermagem? Me contem aqui pelos comentários.

Beijinhos ;*

educacao category image

Arquitetura e Urbanismo


12.jan.15 | 16 Comentários

Oi gente!

Agora é a vez de falarmos sobre o curso de Arquitetura e Urbanismo.
O entrevistado da vez é o Alan. Ele está no 2º período da graduação e sempre soube qual profissão iria cursar. Vamos conferir?

Alan Garuba Bender tem 20 anos e está cursando o 2º período de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Unigranrio, aqui no Rio de Janeiro.
Alan diz ter escolhido este curso pelo fato de já ter habilidade com desenho e também por gostar muito do mundo de designer, decorações e da sustentabilidade que permite o reaproveitamento de materiais já utilizados para fabricação de outros novos.
Quanto à escolha da Universidade, a facilidade ao acesso foi o que mais pesou, já que é perto da sua casa e não tem custo com transporte público e alimentação. Mas Alan também afirma que estava há mais de dois anos tentando vaga em uma faculdade pública e no caso dele, que era por ampla concorrência, não obteve nota suficiente. Nota essa que foi a responsável pelo ingresso dele na Universidade particular, já que usou a nota do ENEM para o ingresso.

Quanto à matéria dada em sala de aula, ele afirma que se surpreendeu já que muitas das coisas que achou que teria desde o começo ainda não teve. Alan confessa ainda ter sentindo uma grande dificuldade em desenho técnico, que é a representação de plantas baixas medidas em diversas escalas, pelo fato dele não ter feito curso técnico de edificações. Curso este que alguns de seus colegas de classes já haviam feito. E ah, ele ainda lembrou que algumas Universidades não possuem o THE. Pra quem não sabe, é o teste de habilidade específica, que nada mais é que uma avaliação do desenho.
Quanto aos professores Alan não tem muito do que reclamar. Diz que todos são ótimos e que ministram bem as aulas. Mas o que ele sente falta mesmo é da relação aluno-professor que existia na época de escola, já que na Universidade há apenas uma relação superficial entre ambos, o que não lhe agrada muito.
Quando o assunto é estágio ele já dispara: “Ainda não faço, mas pretendo. O curso de Arquitetura começa pra valer do 3º período em diante, é uma forma das pessoas começarem estagiar depois de já terem certeza se é isso mesmo que querem.”
E dinheiro, dá pra ganhar? Alan afirma que sim. Diz ter conhecimento sobre muitos arquitetos que ganham bem e são felizes na profissão. Mas tudo depende do seu empenho e dedicação, é claro!

Alan finaliza a entrevista deixando a seguinte mensagem: “Bom galera, espero ter ajudado vocês a terem um pouco mais de entendimento do que é o curso de Arquitetura e Urbanismo. Muitos de vocês talvez não tenham nem imaginado alguns dos detalhes que mencionei. Ah, para aqueles que odeiam Matemática… É, meus amigos… Vocês infelizmente terão. Mas relaxem, a matemática que usamos é bastante precisa, bem básica (risos). E se quiserem saber mais sobre projetos de Arquitetura e outros trabalhos, eu aconselho vocês a curtirem várias páginas sobre a mesma nas redes sociais, como por exemplo, no Facebook. Abraços.”

Obrigada pelas informações, Alan. Tenho certeza que você ajudou muita gente. Boa sorte pra você e muito sucesso na profissão escolhida.

E vocês, já pensaram em cursar Arquitetura e Urbanismo? Me contem aqui pelos comentários.

Beijinhos ;*

educacao category image entretenimento category image

Ajudando você a decidir seu futuro


11.jan.15 | 10 Comentários

Oi gente!
Hoje eu vim contar uma novidade para vocês. Essa semana rolará um especial aqui no blog. Será o “Ajudando você a decidir seu futuro”. Forte, né? haha. Mas essa é a intenção de fato.
Na próxima Terça-feira, dia 13, irá sair o resultado do ENEM. E na outra Segunda, dia 19, começará a semana de inscrição no SISU, que será até o dia 22. São duas semanas super importantes para todos que estão tentando ingressar na Universidade. Eu já passei por isso e sei o quanto é importante ter certeza da escolha que está fazendo. 
Eu pensei, pensei e pensei… Queria muito poder ajudar vocês pois a maioria dos meus leitores são adolescentes. Muitos irão passar por essa etapa só daqui uns anos mas muitos também vão tentar agora. E quanto mais cedo você souber o que quer, melhor.
E como irei ajudar? Falarei um pouco sobre alguns dos cursos mais concorridos. Ou melhor, eu não. Serão pessoas da própria área de cada curso falado aqui. Todos são meus amigos, pessoas que eu confio e sei que realmente cursam e se dedicam para tal área. Eu poderia escolher profissionais já bem sucedidos? Poderia. Mas eles sempre falam só o lado bom, rs. Quis pegar pessoas jovens, como vocês, que estão conhecendo agora esse novo mundo… Jovens que tem medos e sonhos. Mas todos tem uma coisa em comum: mesmo com todas as dificuldades estão amando o que fazem.
No começo eu iria escolher apenas sete cursos e falar sobre cada um durante o decorrer de uma semana. Mas acabei colocando uma mensagem no meu Facebook particular, a procura foi bem grande e meu interesse por trazer mais opções pra vocês foi aumentando. Então serão quatorze cursos diferentes. Serão duas postagens por dia, uma às 06h e outra às 18h. Combinado?
E para começar essa maratona vou explicar bem rapidinho sobre algumas das formas de ingresso à Universidade. Vamos conferir?

O ENEM é a principal forma de ingresso. Com ele você pode tentar o Sisu, ProUni e até banir o Vestibular. 
O ENEM é uma prova com 180 questões e 1 redação, que é realizado em 2 dias. Toda matéria é aprendida durante o Ensino Médio, e por isso mesmo o nome ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio. Então é bem importante que desde o 1º ano do E.M o estudante se dedique, estude. ENEM é fácil? Eu, sinceramente, acho que sim. Mas é super cansativo. Muitos passam anos estudando e o psicológico na hora acaba prejudicando. É preciso ter calma, ter sabedoria. E, principalmente, é preciso muita atenção na Redação. Ela vale muito! E uma dica: o tema nunca é o esperado.
Todos que fizeram o ENEM e pretendem cursar uma Universidade pública, terão que passar pelo SiSU.
O Sisu é o sistema do Ministério da Educação responsável pelas vagas oferecidas pelas Universidades públicas.
Durante quatro dias, você poderá se inscrever no Sisu. A cada 24 horas (costuma ser as 2h da manhã) o sistema vai atualizando as tão temidas notas de corte. Notas de corte nada mais é do que a menor nota tentada para aquele curso. Por exemplo, se um curso tem 10 vagas, os 10 concorrentes com a maior nota vão conseguir. E quanto mais perto você tiver da nota do último candidato que está entre esses 10, melhor para você. Pois muitos que conseguem a vaga acabam não se matriculando e sempre rola a 2ª chamada. Às vezes rolam até 10 chamadas! rs. E as notas de corte servem justamente para isso, para você saber o quão longe (ou perto) você está do curso escolhido. E se estiver muito longe, você pode tentar outro curso. Pode ficar mudando de opção até o último dia de inscrição. Mas depois que acabar, não poderá mudar mais. Durante os 4 dias de inscrição você poderá concorrer em até dois cursos diferentes. Mas lembre-se: Depois que rolar a 1ª chamada, somente o curso que você colocar como 1ª opção que continuará valendo. 
Esse ano serão distribuídas 205 mil vagas por todo Brasil.
Mas óh, não se desespere se você não conseguir agora. No meio do ano tem a 2ª fase.
O Vestibular é outra forma super importante de ingresso. Algumas Universidades particulares deixam com que o aluno escolha se vai tentar o ingresso usando a nota do ENEM ou se irá fazer uma nova prova dada pela Universidade escolhida. Em outros casos, algumas Universidades particulares só aceitam o ingresso através da realização de seu próprio Vestibular.
Quanto às Universidades públicas, antigamente todas tinham seu próprio Vestibular. Mas a maioria agora tem 100% do seu ingresso através do ENEM. Aqui no RJ, somente a UERJ não aderiu a esse sistema e continua com seu próprio Vestibular. É preciso pesquisar direitinho a forma de ingresso da Universidade pretendida.
Não há um número exato de questões, cada Universidade escolhe seu método. Na maioria das vezes elas dividem em duas etapas. Uma em que cai todas as matérias dadas durante o Ensino Médio, e a segunda etapa (somente para os que alcançarem nota suficiente) com questões ligadas as matérias objetivas do curso pretendido.
O ProUni é um sistema de bolsas dado a alunos de baixa renda. São bolsas de 50% ou 100% para Universidades particulares participantes do programa.
Para concorrer é preciso ter realizado o ENEM e comprovar que não tem condições de pagar por aquela Universidade. E, principalmente, é preciso ter estudado todo o Ensino Médio em escola pública, ou com bolsa em escola particular.
FIES é o Fundo de Financiamento Estudantil. É um programa que financia a graduação em Universidades particulares. O programa paga sua graduação e você começa a pagar somente depois que se formar. Os juros são de 3,4% ao ano. E a cada 3 meses, o estudante pagará uma taxa de R$50 referente ao pagamento de juros. Após a conclusão do curso, terá 18 meses de carência, pagando os mesmos R$50 a cada 3 meses. E após esse período de carência, terá o saldo dividido em até três vezes o tempo da graduação cursada com mais 12 meses.
Um exemplo: Se você fez uma faculdade por 4 anos, após terminá-la terá até 13 anos para pagar.
O CEDERJ é o responsável pelo ingresso dos alunos as Universidade públicas a distância. Há programas como este em todos os estados (acredito eu), mas falarei sobre esse, que é do RJ, pois é o que tenho conhecimento.
Há vários cursos inscritos no programa, de diferentes Universidades. O aluno irá se inscrever no curso pretendido e poderá tentar o ingresso através da nota do ENEM ou, se preferir, fazer o Vestibular do Cederj.
O aluno terá aulas online, tendo que comparecer somente uma ou duas vezes por semana ao polo da Universidade cursada.
Seguem as datas para vocês não esquecerem:
SiSU- de 19 a 22 de Janeiro.
ProUni – de 26 a 29 de Janeiro.
FIES – pode concorrer em qualquer época do ano.

E aí, o que vocês acharam? Qual método usaram para ingressar na Universidade? E os que vão concorrer este ano, estão preparados?
Podem aguardar muitas informações durante essa semana. Quero muito poder ajudar vocês ;) rs.
Beijinhos ;*
Página 7 de 71234567