entretenimento category image infantil category image

Diga Não Ao Aborto!


10.fev.15 | 26 Comentários

Oi gente!
Hoje o assunto é sério, bem sério. Estava no Facebook, como de costume, e durante todo o dia vi minhas amigas postando fotos de quando estavam grávidas e usando a #DigaNãoAoAborto. Isso me chamou bastante atenção, curti todas. Mas não é aquele curtir por curtir, sabe? É curtir de verdade. Acredito que um dos maiores propósitos que tenho na vida é defender as crianças. É um amor tão grande, sabe? Posso ter acabado de conhecer, mas já amo. Crianças são inocentes, são puras, verdadeiras. Crianças são o futuro da humanidade. Fora a beleza, né? Como são lindas! Não existe criança feia. Cada uma do seu jeitinho… É emoção a cada momento. 
E agora eu pergunto a vocês, como que uma pessoa pode fugir desse sentimento? Como uma pessoa que recebe um presente tão grande pode simplesmente matá-lo, renegá-lo? Eu não entendo, eu não aceito. Eu sou a favor da vida. Crianças são presentes de Deus.

Vou contar uma história pra vocês. Primeiro pensei em contar em forma de entrevista, mas ficaria muito grande. Então vou resumir. Não falarei nomes aqui, criarei um fictício. Vamos chamar nossa personagem de Joaquina.
Joaquina nasceu em uma família de classe média alta e sempre teve tudo que quis. Mas quanto mais liberdade tinha, mais aprontava. Aos 15 anos tinha um namoradinho, mas o traía sempre. Estava estudando na melhor escola de sua cidade, seus pais tinham muito orgulho da filha. Eis que Joaquina descobre que estava grávida. O desespero tomou conta dela, não sabia de quem era o filho, não sabia qual seria a reação do namorado caso descobrisse que estava grávida de outro, tinha medo da reação dos pais, e principalmente, não se sentia preparada para ser mãe. Não queria deixar de ter a liberdade que sempre tivera. E em um ato impulsivo tomou 5 xícaras de chá abortivo. Joaquina conta que até dois anos atrás não se arrependia do acontecido. Tinha consciência de que tinha sido melhor assim, e aproveitou muito sua vida. Foi em todas as festas que quis, saiu com todos os caras que teve vontade, bebeu tudo que tinha pra beber. Aproveitou toda sua adolescência. Até que aos 18 anos ouviu de sua mãe: “Joaquina, tenho percebido que você está enjoando bastante, seu corpo mudou, seu rosto está mais redondo… Você está grávida?”. Ouvir aquilo foi um choque para ela, não tinha percebido as mudanças que estava passando e achava que os enjoos eram devidos as suas noitadas. Mas não teve jeito, sua mãe a obrigou a ir ao médico, e juntas descobriram que Joaquina estava grávida. A mãe levou um susto, mas ficou feliz e apoiou a filha. Joaquina se sentiu perdida e relembrou tudo que já havia passado. Teve uma gravidez bem complicada e por diversas vezes o médico perguntou se ela já havia sofrido aborto, o que ela negou em todas as vezes. Mas no fundo sentia aquela culpa e o medo de ter ainda mais complicações durante a nova gravidez. Foram meses de choros escondidos, e muito desespero. Mas tudo ocorreu bem. Teve uma filha, uma linda menina. Branquinha dos olhos azuis. E Joaquina afirma: “Quando vi minha filha pela primeira vez minha vida mudou. Foi aí que aprendi a amar e pela primeira vez eu me arrependi do que fiz anos antes. Até hoje eu choro ao lembrar, é um sentimento horrível, carrego essa culpa dentro de mim diariamente. Como queria ter meus dois filhos hoje aqui comigo. Agi por impulso, não confiei e nem pedi ajuda para as pessoas que mais me amam no mundo, que são meus pais. Eu não sei o que seria da minha vida se não tivesse tido essa filha, ela é tudo que tenho. Quero muito que todas as mulheres aprendam com meu erro. Pensem, pensem muito. Não façam besteiras. Se você acha que vai estragar sua vida tendo filho, eu garanto que não. Tudo só irá melhorar. Você terá mil motivos para sorrir, nunca estará sozinha. Eu não tive o apoio do pai da minha filha, mas tive o apoio dos meus pais, e se eles não me apoiassem, eu iria criá-la sozinha. Tudo vale a pena, o sorriso de sua filha, vê-la chamando de “mamãe”, sentir ela te abraçando durante a noite… Tudo paga, tudo vale a pena. Digam sim para a vida, digam não para o aborto.”
Joaquina hoje tem 20 anos e sua filha 2 anos.

Quero que vocês conheçam também outras três histórias. Agora são histórias de amor verdadeiro, amor incondicional. No primeiro caso temos a Carol, uma adolescente que descobriu a gravidez enquanto vivia o sonho de estar na faculdade que tanto desejou. 
No segundo caso temos a Monique, que mesmo já estando casada, não planejava engravidar naquele momento.
E no terceiro caso temos a Daniele, que aos 15 anos engravidou pela primeira vez. E hoje aos 29, já é mãe de três filhos.
E como vocês acham que elas reagiram? Eu respondo: elas optaram pela vida, nunca pensaram diferente. Elas abriram o coração e receberam essas bençãos de Deus. Vamos conferir?
Ana Carolina (20 anos) é mãe da Beatriz (5 meses). 
A melhor escolha que fiz na vida foi ter me tornado mãe. Não foi nada planejado. Eu estava fazendo o curso que sempre sonhei, na melhor universidade pública do país, ainda morava com meus pais e minha única responsabilidade era estudar. E então descobri que estava grávida. Tive muito medo de abrir mão de tudo que estava vivendo, tive medo do que minha família pensaria, tive medo de tudo que estava por vir. Mas mesmo com todas as dores, com todos os enjoos e com um turbilhão de hormônios dentro de mim, resolvi seguir em frente e foi a melhor coisa que fiz. Se eu tivesse a oportunidade de voltar no tempo, faria tudo outra vez. Tenho certeza que ainda me emocionaria com as batidinhas do coração em cada ultrassonografia, e com as mexidinhas do meu bebê dentro do meu ventre, sorriria ao imaginar seu rostinho e choraria novamente ao vê-lo pela primeira vez. Não vou dizer que é fácil, pois não é. Mas quer saber? Eu não me importo de viver pra minha filha, todas as dificuldades, tudo que abri mão, tudo vale a pena quando vejo um sorriso no seu rosto. Hoje eu vivo pra ela e por ela, e por isso sou a mulher mais feliz e mais completa do mundo. Eu amo ser mãe, a maternidade foi o melhor presente que já ganhei.

Monique (26 anos) é mãe da Laura (2 anos). 
Ser mãe me tornou uma pessoa melhor, trouxe a minha vida tanta coisa boa… Sem contar que descobri o significado do amor incondicional. Laura, minha filha, meu grande amor!
Daniele (29 anos) é mãe de Nathan (13 anos), Pedro Henrique (9 anos) e Beatriz (3 anos). 
Aos 16 anos fui mãe pela primeira vez. Não foi nada planejado, nem se quer sabia como cuidar direito de uma criança. Na verdade, engravidei quando ainda estava com 15 anos. Tive pessoas bem próximas a mim que me deram a opção do aborto, que meu filho estragaria a minha vida, que eu não iria completar meus estudos, e etc. Eu levei um susto com essa opção e a primeira coisa que pensei foi “assassinato”, e eu nunca iria conseguir conviver com essa culpa dentro de mim. Resolvi dar continuidade a minha gestação, fiz 16 anos em Abril e meu filho nasceu em Maio. Veio ao mundo com 4.450kg medindo 54cm em um parto cesariana. Um menino que dei nome de Nathan. Eu só pensava em ficar ali com ele, não confiava em ninguém pra ficar cuidando dele, e pensei em deixar meu último ano na escola pela metade. Mas me lembrei que eu precisava lutar por ele. Terminei meus estudos, me tornei uma super mãe e hoje tenho 3 amados filhos: Nathan, Pedro Henrique e Beatriz. Sou feliz pelas minhas escolhas. Escolhi por dar vida e não por tirá-las. 
PS: A foto é da última gravidez, em 2011.
Vale lembrar também que enquanto muitas optam pelo aborto, outras milhares de mulheres estão sonhando em ter um filho e não conseguem. O maior exemplo disso, para nós blogueiras, é a Flavia Calina. Nós sabemos tudo que ela passou até conseguir engravidar da Victoria.
E sabe o que acho ainda pior que o aborto? É a pessoa ter o bebê e depois jogá-lo fora. Isso existe, gente! Isso é uma monstruosidade, mas existe. Nunca vou esquecer do dia em que uma mulher jogou um bebê recém-nascido em uma ribanceira perto da minha casa. Eu não gosto nem de lembrar. Chorei por dias, só conseguia pensar nisso. E agora choro novamente ao lembrar. Não façam isso, pelo amor de Deus. Engravidou sem querer? Não quer ter o filho? Aguente 9 meses e depois dê para adoção, procure casais que queiram, que darão amor incondicional. Isso se você não acabar se apaixonando por aquele rostinho maravilhoso ao nascer. E se isso acontecer, repense novamente, cuide e proteja seu filho.
Viva o amor, viva a vida.
Minha mãe e eu na barriga, rs.
Minha mãe também é um grande exemplo de amor incondicional. Engravidou aos 17 anos e me teve aos 18. Alterou todos seus planos pra me dar a vida, e sou eternamente grata por isso. Minha mãe é um grande exemplo de mãe e mulher. Amo mais que tudo! 

Beijinhos ;*

acessorios category image beleza category image calcados category image entretenimento category image estilo category image famosos category image moda category image

Estilo Marina Ruy Barbosa


09.fev.15 | 34 Comentários

Oi gente!
Um dos posts mais queridos aqui do blog é o de Estilo. Já fiz dois que foram super bem recebidos, o da Bruna Marquezine (clique aqui para ver) e o Taylor Swift (clique aqui para ver). E o da Bruna, mesmo tendo ido ao ar nos primeiros dias do blog, é até hoje um dos mais visualizados. Sucesso!
E agora chegou a vez da Marina Ruy Barbosa. Confesso que sempre a achei linda, sou fã do cabelo dela e até fiz um post aqui pro blog sobre o assunto (clique aqui para ver). Mas quando comecei a procurar imagens dela pra colocar nesse post, eu me surpreendi. A Marina se arruma muito melhor do que eu imaginava, nunca tinha percebido isso. Vale super a pena ver todos os looks que selecionei. Tenho certeza que vocês vão amar! Vamos conferir?

Marina não esconde de ninguém sua paixão por sapatos. Já confessou ter mais de 100 pares (isso há uns anos atrás, imaginem agora! rs). Reparem bem em todos os modelos que virão a seguir com os looks. É de se apaixonar!
Marina arrasa em qualquer situação, mas os vestidos de festa são os meus preferidos. É um mais lindo que o outro! Vontade de ter todos, sabe? Do mais básico ao mais chique, do preto ao branco (passando por todas as cores, já que Mari abusa delas), do curto ao longo. Vocês vão ficar de queixos caídos ao ver as lindezas que vem a seguir:
Eu queria escolher um preferido, mas não dá. Eu amei todos, gente!

Acho que saias ficam bem em qualquer mulher, só saber encontrar a que mais tenha a ver com você. Mas em Marina qualquer saia fica bem, como lidar? rs. Da mais fofa à mais sensual. Da mais simples à mais brilhosa. E as combinações? Perfeitas. E ah, quero deixar registrado que adorei os conjuntinho com os croppeds.
Marina não é muito de aparecer em público usando short, mas quando aparece é sucesso na certa. Está sempre bem arrumada! Do chinelo ao salto, Marina mostra que short jeans combina com tudo.
Aí você pensa que ela se descuida da imagem na hora de praticar esportes? Nada disso! É estilosa até na hora de suar, rs.
E pra terminar separei looks com uma das peças mais usadas pelas brasileiras: a calça. Seja na hora de trabalhar, passear no shopping, viajar ou qualquer outra situação, a calça faz parte do look de qualquer mulher. E Marina mostra que dá para inovar sempre, para qualquer ocasião. Da jeans à colorida, todas ficam bem. É só saber misturar com as peças certas. E vamos combinar que Marina sabe e muito bem por sinal.
Ufa! Esse post foi bem grande, né? Mas foi preciso. E olha que escolhi pouquíssimos looks comparados a todos os outros maravilhosos que Marina usa por aí. Quis fazer um post completo pra vocês. Espero que tenham gostado!
E aí, o que acharam?
Esse tipo de postagem é super trabalhosa, passo dias fazendo. Mas é uma das minhas preferidas. Eu adoro! E vocês? Me contem aqui pelos comentários. Se quiserem posso fazer todo mês.
E ah, se você ainda não respondeu o formulário do blog, clique aqui para responder.
Beijinhos ;*

entretenimento category image eventos category image

Quero conhecer vocês!


09.fev.15 | 2 Comentários

Oi gente!

Acabei de criar um formulário bem pequeno, de apenas 5 perguntinhas. Mas são perguntas muito importantes para o futuro do blog. É através delas que irei conhecer vocês, e então, poderei direcionar os posts de acordo com meu público alvo.
Então, respondam! Por favor! rs Não dói e é super rapidinho! rs CLIQUEM AQUI PARA RESPONDER.

Obrigada desde já!

Beijinhos ;*

Página 163 de 205«1 ...159160161162163164165166167... 205Próximo